Clientes x Atendentes

10391458_562361783880662_299296775842058579_nSe for pensar bem, esse título, ou a situação em si, é bem controverso. A relação entre um cliente e um atendente é de total dependência, enquanto um recebe para prestar serviços, o outro precisa de informações e soluções que esses serviços disponibilizam. Porém, o que se percebe, é que essa “relação” entre ambos, esta mais para guerra. Duvido que você não tenha uma reclamação sobre um atendimento que recebeu, seja ele pessoal, por telefone ou qualquer outro tipo, assim como existe também protesto da parte de quem atende, que as vezes tem que lidar com gente mal educada e ignorante. Esses dois lados devem ser analisados e entendidos.

Como clientes, temos muitos direitos, a lei esta ao nosso lado, pois devemos receber um suporte digno e bem feito. Alguns fatores que mais estressam durante um atendimento telefônico, por exemplo, é a demora e a má vontade. Espera-se um grande tempo e a solução do problema não  é dada, o que mostra o total descaso com o consumidor e com a confiança do mesmo, que  depositou  ao contratar determinados serviços. Outra coisa que é bastante constrangedora, é quando ao entrar em  em uma loja, ao invés de receber atendimento, somos perseguidos por pessoas que pensam, ou que são obrigadas a pensar, que vamos roubar o estabelecimento. O que todos atendentes ou prestadores de serviços precisam compreender, é que  só precisam disponibilizar atenção e qualidade, pois facilitariam muito as coisas e tornariam um atendimento mais conveniente.

Por outro lado, não é fácil ser um atendente. Não há nada pior que dizer “Olá, bom dia” e se deparar com gente mal educada e que acha que  funcionários são culpados pelo transtorno que sofrem. Muitas vezes só querem ajudar, mas para isso é necessário a colaboração de quem solicita. Um atendente também tem problemas, também se estressa, mas de modo algum  pode deixar isso transparecer por que “o caminho de casa é logo ali” para quem trabalha nessa área. Perder a cabeça é tão simples, que se não houver cuidado, a demissão é facilmente prevista. É importante também, reconhecer um trabalho bem feito, dizer “obrigado” e se você for amplamente simpático, elogie.

EDUCAÇÃO. Essa palavrinha, como sempre resolve qualquer coisa nessa vida. A partir dela, se consegue tudo, inclusive respeito. Tanto quem atende quanto quem solicita, deve sempre se lembrar que estamos falando com uma pessoa, não com uma voz desconhecida, ou um número num sistema. Todos nascemos para ser bem tratados, não importando a cor, idade raça ou qualquer outra coisa. Para finalizar, deixo um simples lema de uma colega de emprego minha, que  é importante na vida de todos nós, e que também solucionaria essa “guerra” paradoxa:

” Faça com os outros o que você gostaria que fizessem com você.”

Anúncios